Sobre a troca de faixas…

A troca de faixas para o praticante de Judô é um momento de muita alegria, onde foi atingida mais uma etapa, objetivos alcançados e sonhos realizados. A graduação, não deve ser a única busca do praticante, mas um dos motivos do reconhecimento pelo trabalho realizado dentro da modalidade. No Judô Escolar nossa busca é pela Educação, onde através dos benefícios do esporte construímos o Caráter, a melhora da Saúde e integração social dos alunos. Assim como anualmente atingimos uma nova série no ano escolar, no Judô a troca de faixas tem o mesmo significado: a conclusão de uma etapa, período e fase maturacional dos alunos. Negligenciar a graduação ao aluno é o mesmo que ratificar que o mesmo não obteve êxito, sucesso ou conclusão de uma tarefa trabalhada. Isso tem um custo? Sim! As horas que foram trabalhadas, as dificuldades ultrapassadas e a entrega dos alunos as aulas através do esforço físico, cumprimento de horários, uso de vestimenta adequada (judogui) e respeito ao professor e seus colegas. Valores que são transmitidos em todas as aulas, pois no judô escolar, diferente do esporte de rendimento onde buscamos conquistas traduzidas em medalhas, buscamos educar para vida em sociedade, em família e principalmente para as dificuldades futuras. Quando negamos isso a nossos pequenos judocas, podemos estar mandando uma mensagem negativa a tudo que foi realizado ou: “você não se esforçou, não evoluiu como aluno, não merece meu aplauso por tudo que realizou…” E pensando bem: Nós hoje trabalhamos e muito, buscamos conquistas nas nossas vidas e queremos reconhecimento financeiro, pessoal ou afetivo. E nossos filhos assim como nós procuram suas conquistas seja na escola, no judô, no inglês em tudo que fazem, mas não em troca de dinheiro ou reconhecimento por seus feitos e sim pelo nosso afeto, nosso amor e nosso carinho. É POR ISSO QUE DIGO: JUDÔ ESCOLAR UMA BRINCADEIRA SÉRIA!

Texto retirado do Facebook do Sensei Elton Fiebig.

Procure a secretaria da nossa escola para saber mais sobre o Judô EAE!